window.dataLayer = window.dataLayer || []; function gtag(){dataLayer.push(arguments);} gtag('js', new Date()); gtag('config', 'UA-104455988-1');
Blog da Gena

Tudo sobre o setor de Energia Solar para empresas

Matriz Energética Brasileira: a Energia Solar é a fonte que mais cresce!

Matriz Energética Brasileira: a Energia Solar é a fonte que mais cresce!
Equipe Gena

Equipe Gena Energia Solar

20 de junho de 2022

Você conhece a matriz energética brasileira e quais fontes de energia compõem ela?

Sabia que as fontes renováveis de energia elétrica estão tomando conta, principalmente a Energia Solar? 

Pois é! O futuro já chegou e estamos no caminho certo.

Confira abaixo tudo que você precisa saber sobre a matriz energética brasileira e o grande pedaço dela que é composto por energias renováveis.

Mas, primeiro… o que é uma matriz energética?

O que é uma matriz energética?

Segundo o EPE, Empresa de Pesquisa Energética, matriz energética é o termo utilizado para o conjunto de fontes de energia que um país possui para captar, distribuir e consumir energia para os diversos setores da sociedade.

A nível mundial, a maioria dos países possui uma matriz energética formada por fontes de energia não renovável, como os combustíveis fósseis (carvão mineral, petróleo e gás natural).

Essas fontes de energia são extremamente prejudiciais ao meio ambiente e à saúde da população.

Por isso, diversos países já possuem em seus projetos de desenvolvimento a longo prazo a substituição das fontes não renováveis de energia pelas fontes renováveis e sustentáveis de energia.

Entre as fontes renováveis de energia estão principalmente a energia solar, eólica e nuclear.

Você sabia que a média mundial de fontes renováveis que um país utiliza é 25%, enquanto que no Brasil esse valor ultrapassa os 50%?

Pois é! Estamos entre os países que mais utilizam fontes renováveis de energia, aquelas que são capazes de se refazer em um curto período de tempo.

Confira agora como funciona a matriz energética brasileira.

A matriz energética brasileira: o futuro já chegou!

No Brasil, as fontes de energia mais utilizadas são as renováveis, principalmente a hidrelétrica, que é hoje a base da nossa matriz energética.

Segundo o Balanço Energético Nacional Interativo, aproximadamente 65% da energia elétrica consumida no Brasil é de fonte hidráulica.

No entanto, estas são geralmente grandes usinas que ficam distantes dos centros de consumo.

Assim, além de perderem eficiência energética no caminho, também demandam um espaço gigante e condições específicas para a produção de energia.

Mas a matriz energética brasileira também possui outras fontes renováveis que vêm crescendo exponencialmente a cada ano!

De acordo com dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), a energia eólica representa quase 11% das nossas fontes de energia e a energia solar representa atualmente 2% da matriz no país.

Energia Solar: a fonte que mais cresce na matriz energética brasileira

Embora 2% possa parecer um percentual baixo para a representação da energia solar na matriz energética brasileira, ele não é!

Segundo o Anuário Estatístico de Energia Elétrica de 2021, a maior expansão proporcional em 2020 no Brasil foi da energia solar!

Em relação à potência instalada, a energia solar teve um aumento de 33% em relação a 2019 e já havia tido um crescimento de 37% em relação à 2018.

Nos últimos 3 anos, o crescimento da energia solar centralizada (em grandes usinas) foi de 200%.

Agora, as pequenas centrais de geração solar distribuída tiveram um crescimento de mais de 2.000% no Brasil!

Ou seja, quando dizemos que o futuro já chegou não estamos exagerando. A energia solar já é realidade no Brasil!

Vem fazer parte do futuro com a Gena!

A Gena é uma empresa de energia solar que está construindo o futuro da geração de energia limpa e sustentável em Curitiba.

Conheça nossos projetos e venha fazer parte do grupo de pessoas e empresas que produzem energia solar de maneira eficiente e sustentável, além de economizar muito a longo prazo!

Faça um orçamento e calcule sua economia!

Equipe Gena

Equipe Gena Energia Solar

20 de junho de 2022

Deixe seu comentário