legislacao-energia-solar

Apesar de ser muito importante, poucas pessoas conhecem a Legislação Energia Solar da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) nº 482/2012. Se você se interessa pela geração de energia renovável, é interessante entender um pouco mais sobre esta Resolução Normativa e como ela descreve a utilização de energia solar fotovoltaica.

Conhecer as leis contribui para uma instalação tranquila, com empresa de confiança e sem problemas judiciais. Ficou curioso? Então continue acompanhando o post e descubra mais.

Entenda a Legislação Energia Solar

Você nunca leu ou procurou saber sobre a Legislação Energia Solar? Não se preocupe, estamos aqui hoje para te ajudar a entender o básico sobre ela e saber o que está dentro da norma ou não. Mas se você está perdido e não sabe o que é e como funciona a energia solar, leia este post antes.

Agora você deve estar se perguntando como isso pode ser útil para você, não é mesmo? Antes de fazer um alto investimento, sempre devemos buscar entender sobre ele. Você não compraria um carro sem saber das especificações e se ele pode atender às suas necessidades, não é mesmo?

legislacao-energia-solar-normas

Por isso compreender o que a Legislação Energia Solar determina sobre a utilização deste sistema é essencial antes de fechar negócio. A ANEEL regulamenta os “créditos de energia solar”, influenciando diretamente na economia que o sistema gera para quem produz este tipo de energia.

Além do mais, entender a parte burocrática e legislativa da energia solar é uma maneira de se proteger de golpes. Saber o que está ou não dentro das normas ajuda a identificar empresas que agem de má fé ou trabalham de maneira irregular.

Quem pode participar dos “créditos de energia solar”?

Um dos pontos que esta normativa aborda é a seleção de pessoas que podem participar do programa de créditos. Ao contrário do que muitos pensam, não basta possuir as placas solares para gerar economia na fatura de energia elétrica. A ANEEL estabelece que é necessário ser um “Consumidor Cativo”. Isso significa que você precisa comprar sua energia da companhia elétrica da sua região.

Limite de potência instalada

Outro ponto regulamentado na Legislação Energia Solar é a potência máxima a ser instalada em um mesmo local. Dentro da lei é permitido 35.000m² de painéis solares, totalizando 5.000kWp. Apesar de ser uma quantidade relativamente alta para boa parte da população que decide investir neste sistema, é preciso se atentar.

legislacao-energia-solar-leis

Placas solares em grandes empreendimentos

Agora que você já sabe mais sobre a Legislação Energia Solar, chegou a hora de entender como as placas solares são um ótimo investimento para grandes empresas e imóveis. Confira a seguir algumas vantagens e benefícios que a energia solar fotovoltaica pode trazer para grandes empreendimentos.

Quanto maior o consumo, maior a economia

Uma coisa é fato: quanto maior for o consumo e geração de energia de um imóvel, maior será a economia gerada pelos créditos de energia solar. Se você possui um imóvel com altos gastos de energia, investir em energia solar fotovoltaica é uma ótima solução para reduzir o valor gasto todos os meses.

Uma residência com ar condicionado, entre diversos outros eletrônicos ligados com frequência, é um bom exemplo de alto consumo. Investir em placas solares neste imóvel é uma ótima maneira de garantir uma grande economia todos os meses.

Dividir o valor investido

Uma forma de economizar na fatura de energia elétrica sem pesar tanto no bolso é dividir o valor investido em energia solar fotovoltaica. Infelizmente nem sempre isso é possível, mas no caso de grandes condomínios e prédios, esta é uma alternativa bastante eficaz.

Basta que os moradores e proprietários dos imóveis concordem com a divisão do investimento e a instalação do equipamento, e todos poderão ter economia mensal na fatura.

Reduzir gastos nas grandes empresas

Agora vamos falar sobre energia solar em empresas. Ao contrário do que algumas pessoas pensam, não é apenas as residências que podem gerar este tipo de energia. As empresas, em especial as grandes, que decidem investir em energia solar fotovoltaica costumam ter resultados muito satisfatórios.

Este fato normalmente acontece por conta de maquinário ou equipamentos ligados à energia. Isso inclui os computadores, que em grande quantidade também aumentam muito o consumo de energia. E como você já sabe: quanto maior o consumo e geração, maior a economia.

Autoconsumo remoto

Poucas pessoas sabem desta modalidade que pode ser muito útil em alguns casos. Você gostaria de produzir energia solar fotovoltaica mas não sabe se a sua área disponível é suficiente para a instalação? Com o autoconsumo remoto você tem uma segunda opção.

Caso você possua outro imóvel ou terreno dentro da área da mesma distribuidora de energia, é possível fazer a instalação do equipamento lá e abater o consumo da sua residência ou empresa.

legislacao-energia-solar

Entendeu um pouco sobre a Legislação Energia Solar? Está convencido que este recurso é um ótimo investimento para grandes empreendimento? Então não deixe de compartilhar este post com aquela pessoa que tem muitos gastos com energia.

Sem comentários

Deixe seu comentário